7# Coisas sobre o trabalho de Web Designer que você Precisa Saber

Saiba 7 coisas importantes que qualquer um que pretende trabalhar como Web Designer precisa conhecer

webdesigner

Eae, td bele?

Hoje falaremos sobre web design e o que você precisa saber antes de querer trabalhar com web.

Eu trabalho com web design desde o começo da minha jornada, é o assunto que me sinto mais a vontade para falar, inclusive. Trabalhei em empresas, de que pequena a multinacionais, já fiz inúmeros testes e entrevistas, vários trabalhos como freela e por aí vai.

Vejo muita gente, principalmente o pessoal que trabalha com OFF (gráfico), me perguntando como é Design para web, se ganha muito, se precisa saber programar e etc.

Realmente Design para web é um segmento muito (mais muito mesmo) multidisciplinar comparado a outros, porém existem alguns mitos ou estórias sem nexo.

Por isso resolvi criar este artigo para falar abertamente sobre algumas coisas e desmistificar outras coisas, bele?

Bora lá!

Neste artigo você saberá que:

 1# Coisa: Web Designer é UM Designer que faz Web

O mais antigo Designer brasileiro em atividade (ou pelo menos o mais famoso)  Alexandre Wollner tem uma frase famosa sobre web design:

“O web design é um fragmento do design. Não existe web designer. Existe o designer que faz web.”

Essa frase acima resume uma verdade inquestionável no meu entendimento: Existe Designer que faz Web.

E o quer dizer? Isso significa que a primeira coisa que uma pessoa que quer trabalhar como web designer precisa saber é DESIGN.

Isso pode parecer óbvio, mas já vi muita gente falando que é web designer mas não sabe nem o que é RGB, por exemplo.

Já vi também muita gente dizendo e atuando como web designer e criando trabalhos que nem na época que comecei a mexer no “photofiltre” eu faria tão ruim daquele jeito que vi.

Então, a premissa básica para ser um web designer é estudar no mínimo o Design e tudo o que ele engloba.

PS: Após a leitura desse artigo veja o infográfico que criei onde coloquei o que acredito ser os conhecimentos básicos que todo Web Designer deveria ter: http://chiefofdesign.com.br/o-que-todo-web-designer-precisa-saber-conceitos-de-web-design/

2# Coisa: Web Designer não precisa saber desenvolver

Uma das dúvidas recorrentes dos Galuchos é se para ser web designer precisa saber desenvolver (programar).

Antigamente, mais no começo da web, era comum o mesmo cara que fazia a programação do site fazer o visual e tudo o que precisasse, porém hoje dia isso quase não existe mais nas empresas.

Hoje em dia as empresas perceberam que não dá para misturar e que precisam de um especialista em cada área.

Claro que existem vagas que pedem que você tenha C# e Photoshop, por exemplo, mas caso trombe com uma vaga assim corra dela, Galucho.

Claro que você pode ser web designer e front end, então você pode saber manipular o AI e também criar animações em JS, todavia não é necessariamente um requisito básico um profissional que se diz web designer ( ao menos que se intitule front end também) ter conhecimentos sólidos em JS.

Eu trabalho há mais de 6 anos e nunca precisei desenvolver nada de back end (exceto uns formulários pequenos em PHP atuando como freela) e sempre tive boas oportunidades de emprego.

3# Coisa: HTML/CSS não é programação

Você já deve saber Galucho que eu insisto na tecla que um web designer precisa saber HTML/CSS. Se você atuar em uma empresa bem organizada e segmentada talvez nunca nem chegue a digitar uma linha de HTML, mas é preciso saber onde o seu design funcionará, por quem ele será usado.

E muitos pensam que HTML e CSS são linguagens de programação, porém NÃO São linguagens de programação. O HTML é uma linguagem de marcação e o CSS é de edição, logo em ambas não existe “lógica de programação”.

Você não precisará usar uma “condição” em um arquivo CSS, por exemplo. Como conversei com a Dani Guerrato e o Leandro Lima na primeira entrevista do blog ( veja aqui , após a leitura deste artigo)  essas linguagens por vezes tem mais a ver com português do que com matemática pura.

E para saber entender mais sobre a importância de saber tal linguagem, você pode acessar esse outro artigo que fiz: Descubra 7 importantes motivos para um Designer aprender HTML/CSS

Nota: Para aprender HTML e CSS basta adquirir o ebook Solidário de Fluência em HTML & CSS. Saiba como adquirir o seu ebook AQUI: http://ebookhtmlcss.com

4# Coisa:  Web Design é bastante diferente do Design Gráfico, mas você pode atuar nos dois segmentos

Apesar de o web design ter muitas influências do design gráfico ele funciona de modo totalmente distinto. Um site a pessoa interage muito mais de mais formas do que um cartaz ou uma revista, por exemplo. Soma-se a isso o fato que seu site precisa ficar bonito e funcional em um Iphone e com a mesma qualidade numa tv de 32., que seu site precisa ter acessibilidade, que precisa ser indexado no google, que precisa carregar o mais rápido o quanto puder, etc.

Portanto, uma das coisas especificas você precisa estudar é sobre usabilidade para web, por exemplo.

Apesar de ser diferentes, como já disse lá atrás, não existe web designer ou designer gráfico,o que existe é Designer. Então você pode sim conciliar os dois, realizar trabalhos tanto OFF quanto ON. Claro que talvez você fique melhor em um segmento, mas não é porque você estudou HTML que não vai conseguir diagramar um livro impresso, saka?

5# Coisa: Web Design não vai te deixar milionário

Vejo muita gente dizendo “Vou aprender web porque ganha mais”. Isso não é necessariamente verdade.

Realmente se você tiver mais conhecimento sua chance de ganhar mais aumentam. Eu mesmo já conquistei em empregos porque conseguia fazer tanto gráfico quanto web, também já fiquei em empresas porque era o único designer da equipe com conhecimentos de front-end, logo conseguia fazer o meio campo entre designers e o pessoal de desenvolvimento. Porém isso não significa que vai ganhar 10x mais, as vezes até é pior porque você continuará ganhando praticamente a mesma coisa mas com trabalho dobrado.

Vejo alguns anúncios de vagas e não vejo nada de exorbitante, pelo contrário:  a maioria quer muito te pagando pouco. Por isso, inclusive, se valorize e não se preocupe em recusar “tal oferta”. Empresas boas, organizadas e sustentáveis pagam bem e valorizam o trabalho criativo também (um pouquinho menos, é verdade hahaha), empresas ruins normalmente não.

Eu acredito que quem é diferente, quem é bom de verdade ganha bem, quem não é não ganha independente do segmento. Veja entrevista que fiz com Pedro Panetto( veja aqui, após a leitura deste artigo) , nela ele fala que consegue se manter como freela sendo designer de produto ( segmento que tem bem menos freelas do que web ou gráfico).

Galucho, se você quer trabalhar com  web, trabalhe porque gosta,  porque se sente à vontade,  porque sente satisfação ao ver aquele site que planejou no ar e sendo útil para alguém. Agora se você quer trabalhar com web só pensando no dinheiro… Pode tirar o cavalinho da chuva porque não é esse o caminho da riqueza.

 6# Coisa:  UM Web Designer precisa ter um portfólio para conseguir um job

Outra coisa que insisto aqui no blog e que sempre falo a todos: você precisa ter algo para mostrar.

Como sobre esse assunto (porftólio) eu já falei bastante aqui no blog, eu não vou me estender muito neste artigo.

Portanto se você ainda tem dúvidas sobre como criar um portfólio mesmo sem ter atuado na área, eu te sugiro que baixe o meu ebook sobre portfólio aqui.

E tenha uma coisa em mente, Galucho:

Ninguém vai te contratar porque você pseudo-cult, gosta dos filmes do Stanley Kubrick e acha estilosinho e etc.

Antes de procurar um emprego na área crie o seu portfólio e mostre o que você sabe fazer.

7- Coisa: UM Web Designer sempre precisará se manter bem mais atualizado.

Se manter atualizado é um dos segredos do sucesso em qualquer profissão, mas quando o assunto é tecnologia a importância disso triplica. Para você entender, vou usar o exemplo da própria web.

No começo dos nãos 2000 criávamos sites através de tabelas, passados uns 5/6 anos começamos a usar XHTML e CSS, passado mais alguns anos chegamos a hoje que usamos HTML5 e CSS3. Toda essa evolução aconteceu em menos de 12 anos, mais ou menos.

Se você pretende ser um web designer precisará sempre se manter atualizado constantemente e com a mente aberta para as tecnologias que viram.

Antigamente não fazíamos sites para celular, depois fazíamos um específico e bem simples para celular, hoje em dia temos que fazer um site que fique bom em desktops, celulares e até em geladeiras. Antigamente usávamos até flash para criar sites, hoje em dia o flash morreu para desenvolvimento web. E tudo isso aconteceu muito rápido Entende a constante evolução e mudança, Galucho?

Portanto, se quer se um web designer, saiba que sua atualização terá que ser muito mais rápida e eficiente do que trabalhando com gráfico, por exemplo.

Considerações Finais

Trabalhar como Web Designer é muito legal, eu gosto muito, porém é preciso estudar e ter determinação  para alcançar os seus objetivos como em qualquer outra profissão.

Não é porque você trabalha com Design para Web que você ficará o dia inteiro nas redes sociais… Não é porque você se tornou Web Designer que ganhará 10x mais…. Não é porque você é Web Designer que sua trilha será colorida e sem pedras no caminho.

Trabalhe com Web porque gosta, porque se sente a vontade nesse mundo “Geek”, porque quer ver suas peças ganharem vida, porque quer fazer a diferença, etc.

Galucho, essa área pode ser muito legal e com diversos projetos fantásticos para fazer, mas se você tem que ter o perfil para isso. Se você não tiver o perfil você pode até conseguir um job, mas será somente mais um na multidão ou será um pouco infeliz. Então, antes de pensar em grana pense ” eu me vejo trabalhando com isso?”

Forte Abraço.

Até Mais.

PS: Se Você viu algum termo ou palavra que não conhece, acesse o nosso glossário: http://chiefofdesign.com.br/glossario-chief/

David Arty

Olá. Sou David Arty, fundador do blog Chief of Design.
Sou natural de São Paulo, Brasil. Trabalho com design, principalmente com design para web, desde 2009. Procuro transformar ideias loucas e complexas em peças simples, atrativas e funcionais.

  • Reinaldo Nunes

    No item #2, concordo que não há necessidade do web designer saber programar. Porém, se souber, o desenvolvido do trabalho pode ser melhor, pois, como programador/desenvolvedor, saberá o que pode e não pode fazer no layout, bem como interações e questões de acessibilidade, visão crítica quanto à alinhamentos, tipografia, harmonia, etc. (no meu caso, o desenvolvimento web se tornou muito melhor depois que comecei a estudar design: comecei a prestar mais atenção a forma como o código era montado, etc)

    • Olá Reinaldo.

      Realmente se o web designer souber programar ( falo da parte Back-End) seria um “plus” e ajudaria muito, entretanto não creio que isso seja essencial para um emprego de Web Designer.

      Sobre o que vc disse: “..saberá o que pode e não pode fazer no layout, bem como interações e questões de acessibilidade…”

      Sobre isso eu falo na importância de saber HTML. Normalmente um web Designer vai trabalhar no máximo até a parte do usuário interage e vê, essa parte fica na responsabilidade de um Front-End.

      Logo , se ele souber no mínimo HTML ele conseguirá conversar com a equipe de Front, por isso a importância de se saber HTML/CSS no mínimo.

      Obrigado pelo comentário. :D

      Forte abraço !

  • Weliton Silva

    Excelente post, parabéns David, como blogueiro sei o trabalho que é criar um bom conteúdo. Concordo com você em todos os itens, só gostaria de destacar o 6, é assustador a quantidade de designers(gráfico ou web) que não possuem um portfólio ou seu próprio cartão de visita, os profissionais da área gastam tanto tempo cuidando da identidade visual dos outros que esquecem da sua. Valeu, abraço.

    • Olá o Weliton.

      Infelizmente ocorre muito aquela velha história:
      casa de ferreiro, espeto de pau! :/

      Muito obrigado pelo comentário.

      Abrs.

  • Virando e revirando seu blog, a minha luz no fim do túnel! Muito obrigado

    • Obrigado, Apolo. :)

      E pode continuar procurando que com certeza vc encontrará mais coisas legais aqui:D

      Forte braço.

  • Site sensacional, estou vendo muita coisa bacana!

    Esse post aqui é praticamente o que eu respondo para amigos meus que são designers gráficos que procuram saber mais sobre nosso nicho e para clientes que pensam que eu sou programador.

    Muito bom mesmo, vou salvar aqui e mandar o link pra quando me perguntaram novamente sobre isso tudo.

    Abraço

    • Acho que a maioria das pessoas pensam que web designer são necessariamente desenvolvedores também.kkkkk. Faz Parte!

      E muito obrigado pelos elogios.

      Abrs!

  • Muito bom o site e o conteúdo dele.

    Esse post responde a muitas das questões que sempre tendem a ressurgir no nosso meio.

    Parabéns pelo blog!

    • Vlw Icaro. Muito Obrigado.

      Forte Abraço!

  • El Gomez

    “Ninguém vai te contratar porque você pseudo-cult, gosta dos filmes do Stanley Kubrick e acha estilosinho e etc.” Mitou nesse comentário! uHAUhauHUAua

    • kkkkkkkkkkkkkk. :P

      Vlw, pelo comentário El Gomez !

      Abrs :D

  • victor

    Olá david,gostaria de saber porque os formatos PSD e BMP são mais utilizados nos projeto de web designer?

    • Olá Victor.

      PSD é o formato do Photoshop. É o arquivo de imagem de edição que o Photoshop gera.

      Ele não é um arquivo que podemos subir em site e todos verão, como uma imagem comum. Precisamos do Photoshop para abri-lo.

      Já BMP é o arquivo bitmap. Podemos usá-lo para imagens no geral.

      Esse sim subimos me nossos sites e o visitante consegue visualizá-lo tranquilamente no navegador.

      Mas normalmente ele é um tanto pesado e pouco usado hoje em dia. Atualmente usamos na web outras extensões como jpg, png e gif.

      Abraço