Sinalização, Sinalética e Design de informação

Guia para iniciantes sobre design de informação, sinalética e comunicação visual

sinalética

Eae!Td bele?

Existe uma parte do design gráfico que a gente lida praticamente o tempo todo, porém ela é não é muito falada ou discutida (pelo menos eu não vejo muito por aí na web) que é a parte de sinalização e sinalética. Aproveitando a ocasião das olimpíadas, que utiliza muita sinalética, resolvi falar desse assunto neste artigo. Vamos nessa?

Neste artigo você verá:

Design de informação

Segundo a Sociedade Brasileira do Design de Informação (SBDI), design de informação é:

 “Uma área do design gráfico que objetiva equacionar os aspectos sintáticos, semânticos e pragmáticos que envolvem os sistemas de informação através da contextualização, planejamento, produção e interface gráfica da informação junto ao seu público ­alvo. Seu princípio básico é o de otimizar o processo de aquisição da informação efetivado nos sistemas de comunicação analógicos e digitais.” (SBDI, 2006)”

O design de informação nada mais é do que organizar e apresentar  dados de forma atrativa, intuitiva e eficaz, concebendo as informações sentido e valor. O Design de informação deriva do design gráfico e editoral. Seria como uma especialização do design gráfico.

mapa do metrô de londres

Ele envolve questões como comunicação e percepção visual, semiótica, pictogramas, sinaléticas, redação, entre outros.

A gente vê design de informação nos mapas de metrô, em infográficos, formulários, mapas em geral, diagramas, contas, manuais, catálogos de produtos, sinalizações.

exemplos de design de informação

Um bom design de informação transmite os dados de forma:

  •  acessível e disponíveis de maneira fácil;
  • apropriada ao conteúdo, local e usuário;
  • atrativa;
  • confiável;
  • concisa;
  • completa;
  • oportuna;
  • relevante;
  • compreensível.

Existe um item que é muito utilizado no design de informação que se chama pictograma. A seguir veremos do que se trata. :)

Pictograma

O pictograma é um signo que representa um objeto ou conceito através de meios gráficos.

A origem do pictograma é antiga.  Elas estão nas antigas escritas cuneiformes e hieroglíficas.

escrita cuniforme

Na era moderna a principal origem se deu através do sistema de representação internacional elaborada em Viena nos anos de 1920 através do ISOTYPE. Ele foi um tipo de “dicionário visual”, que continha certa de dois mil símbolos e criou várias convenções que utilizamos até hoje em dia.

isotype

O pictograma é uma base importante dos sistemas tradicionais de sinalização.

Você com certeza já viu um pictograma na vida. São os famosos bonequinhos que determinam se o banheiro é masculino ou feminino. Ou até mesmo aqueles desenhos que determinam quais são as modalidades esportivas das olimpíadas.

pictogramas rio 2016

O que é Sinalização?

A sinalização tem como função sinalizar (claro), trocando em miúdos, utilizamos a sinalização para organizar, indicar, advertir, alertar, informar um fluxo de pessoas e/ou veículos. E ela faz isso, como o próprio nome já diz, através de sinais, símbolos, marcas, tipografia, cores que transmitam determinado significado.

sinalização de proibição

Projetos de sinalização normalmente são implementados em lugares de grande acesso como shoppings, museus, supermercados, terminais de transporte, hospitais, edifícios complexos, parques, etc. Mas isso não é exclusivo de grandes empreendimentos (como veremos a seguir na sinalética). A sinalização também pode estar presente em ambientes menores como escolas, pequenas empresas e estabelecimentos.

Qualquer lugar que necessite de informação e orientação pode utilizar da sinalização como um recurso.

O que é sinalética?

A Sinalética deriva da sinalização, porém não é igual. Trata-se o conjunto de signos/sinais que compõem um  determinado sistema de sinalização e comunicação visual. Ela também é o estudo da sinalização originada do design da informação e semiótica que trata das relações entre pessoas, espaço e os signos responsáveis pela orientação.

 “Sinalética é a ciência dos sinais no espaço, que constituem uma linguagem instantânea, automática e universal, cuja finalidade é resolver as necessidades informativas e orientativas dos indivíduos itinerantes numa situação” (Costa, 1987)

A sinalética pode ter função: indicativa, informativa, promocional, educativa, advertência.

sinalizao

Princípios da sinalética

  • o usuário é o centro da comunicação .
  • ser fácil de identificar . Ser precisa e rápida na identificação.
  • manter a coerência e consistência em todo o sistema: manter um padrão de tamanhos, de símbolos, cores, etc.
  • sua forma deve se destacar dos demais objetos do espaço e bem localizada.
  • fácil leitura e compreensão. Ser intuitiva.

Apesar de irmão da sinalização, a sinalética é um pouco diferente. Veremos a seguir essas diferenças, Galucho.

Diferenças entre sinalização e sinalética

Sinalização é um termo mais amplo já a sinalética mais pontual. A primeira é mais universal enquanto a outra mais singular.  A sinalização é um sistema único para todos. É mais fechado e que é determinado pelo conhecimento empírico inerente a todos ( ou a grande maioria). Também tem a função de regulamentar fluxos de vias e de pessoas. Um exemplo clássico de sinalização é a que vemos todos os dias nas ruas. A sinalização de trânsito é um tipo que regulamenta e que precisa ser de uso universal.

sinalização placas

Já a sinalética é um sistema aberto onde se leva em conta o ambiente, o entorno e as pessoas que a frequentam. Ela não é necessariamente universal, pois leva em conta o perfil dos usuários, a cultura a qual está aplicada, entre outras questões. Utiliza-se a linguagem e símbolos personalizados que levam em conta a necessidade que cada ambiente demanda.

sinaletica-02

É um sistema aberto que aceita novas formas de orientação sempre levando em conta a necessidade e a singularidade do local e dos usuários.

A sinalética na maioria das vezes faz parte da identidade visual da empresa, por exemplo.

Nesses casos a sinalética é prevista no manual de marca da empresa. [clique aqui para saber mais]

Um exemplo de sinalética é a sinalização diferenciada de um barzinho por exemplo.

exemplo de sinaletica

Conclusão

Design de informação e sinalética fazem parte do nosso dia-a-dia mesmo que muita vezes a gente nem perceba. Mais do que fazer parte do cotidiano ele é fundamental para nos guiar nos mais diversos lugares.

Este artigo é apenas uma pequena parte do que você pode saber sobre. Criar um sistema de sinalização requer estudo e planejamento.

E você já criou algum sistema de sinalização? Sabe mais sobre design de informação?

Deixa o seu comentário abaixo! :D

Até mais.

Forte abraço!

Referências

Imagens – Pinterest

http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/11097/11097_4.PDF

David Arty

Olá. Sou David Arty, fundador do blog Chief of Design.
Sou natural de São Paulo, Brasil. Trabalho com design, principalmente com design para web, desde 2009. Procuro transformar ideias loucas e complexas em peças simples, atrativas e funcionais.